1 Outubro Rosa !

Autoexame pode indicar câncer de mama em estágio precoce e aumenta chances de cura


No mês de outubro é realizada a campanha Outubro Rosa, que tem como objetivo conscientizar a sociedade para o combate ao câncer da mama. O Hospital Infantil e Maternidade Femina aderiu à campanha e iluminou toda a fachada do prédio de rosa.

A diretora da Femina, Ivana Kamil Fares, explica que no Brasil as taxas de mortalidade pela doença continuam elevadas, muito provavelmente porque o diagnóstico acaba sendo feito em estágios avançados.

 “Por isso, atitudes como o autoexame podem ser essenciais para o sucesso do tratamento, garantindo assim mais chances de cura”, afirma.

 De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cerca de 57 mil novos casos serão diagnosticados este ano no país. Em Mato Grosso, devem ser registrados 610 novos casos, sendo 470 deles em Cuiabá.

Todas as mulheres após os 20 anos, com caso de câncer na família, ou com mais de 40 anos, sem caso de câncer na família, devem realizar o autoexame da mama para prevenir e diagnosticar precocemente o câncer de mama.

Conforme orienta o diretor da Femina e médico ginecologista, Kamil Fares, o autoexame da mama deve ser feito uma vez por mês, todos os meses, 3 a 5 dias após o início da menstruação.

“No caso das mulheres que não menstruam por conta da retirada dos ovários ou do útero, ela deve fazer assim que sentir as mamas doloridas, já as mulheres que estão na menopausa podem escolher uma data fixa todo mês para fazer o autoexame”, explica.

AUTOEXAME – O passo a passo é simples. Durante o banho com o corpo molhado e as mãos ensaboadas, deve-se levantar o braço esquerdo, colocando a mão atrás da cabeça; palpar cuidadosamente a mama esquerda com a mão direita e repetir estes passos para a mama do lado direito.

A palpação deve ser feita com os dedos da mão juntos e esticados em movimentos circulares em toda a mama e de cima para baixo. Depois da palpação da mama, deve-se também pressionar os mamilos suavemente para observar se existe a saída de qualquer líquido.

Após isso, em frente ao espelho, a mulher deve retirar toda a roupa e observar seguindo o seguinte esquema: primeiro, observar com os braços caídos; depois, levantar os braços e observar as mamas e por fim, é aconselhado colocar as mãos apoiadas na bacia, fazendo pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama.

Durante a observação é importante avaliar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades. “Caso existam alterações que não estavam presentes no exame anterior ou existam diferenças entre as mamas é recomendado consultar o mastologista”, aponta Kamil Fares.

Reprodução / Minha Vida
Frutas vermelhas têm fitonutrientes anticancerígenos

7 alimentos que ajudam a prevenir o câncer de mama

Comer frutas, legumes, verduras e grãos ajudam a manter a saúde em dia. No entanto, muitas pessoas que consomem diariamente ou com frequência produtos industrializados, frituras e doces só repensam seus hábitos alimentares quando aparece alguma doença.

Que tal mudar suas atitudes e começar a incluir alimentos mais saudáveis no seu dia a dia? No mês do "Outubro Rosa" - campanha internacional que chama atenção sobre a causa do câncer de mama -, o site "Minha Vida" reuniu alguns alimentos que ajudam a prevenir a doença. Veja:
- Frutas vermelhas
"Frutas vermelhas, como framboesa e amora, contêm fitonutrientes anticancerígenos chamados antocianinas que retardam o crescimento de células pré-malígnas e evitam a formação de novos vasos sanguíneos, que podem alimentar um tumor", explica a nutricionista Daniela Cyrulin, da Nutri & Consult. Esses alimentos também são ótimas fontes de vitamina C, flavonóides e fibras, essências ao funcionamento do organismo.

- Cenoura
Uma pesquisa feita pela Harvard School of Public Health, nos Estados Unidos, revelou que a cenoura é um alimento eficaz na prevenção contra o câncer de mama. A descoberta surgiu após o acompanhamento de 12 mil mulheres, 5.700 com câncer de mama e 6.300 saudáveis, que serviram como grupo de controle. Após terem sua dieta controlada, constatou-se que consumir duas porções do vegetal todos os dias reduz o risco de desenvolver a doença em até 17%. Segundo a nutricionista Débora, isso acontece graças ao beta caroteno, que protege o DNA contra a oxidação, evitando a formação de radicais livres. De acordo com o estudo, entretanto, tal porcentagem só pode ser atribuída a mulheres na pré-menopausa.

- Brócolis
"Por meio do estímulo das enzimas do corpo, o sulforano, presente nos brócolis, elimina substâncias que podem originar células cancerígenas no corpo", aponta Daniela. Outros vegetais que também produzem esse efeito são a couve-flor e o repolho. Recomenda-se o consumo de meia xícara de chá do alimento por dia.

- Especiarias
Pesquisadores do Comprehensive Cancer Center, da Universidade de Michigam, nos Estados Unidos, afirmam que especiarias, como pimenta preta e curry, podem atuar na diminuição do aparecimento de células cancerígenas sem danificar as células saudáveis da mama. De acordo com Daniela Cyrulin, o efeito se dá pelos polifenois, antioxidantes que possuem ação antiinflamatória.

- Soja
Soja e derivados, como leite de soja e tofu, contêm nutrientes em sua composição chamados fitoestrogênio. Ele é similar ao hormônio estrogênio natural, produzido pelo corpo feminino a partir da adolescência e, por isso, ocorre uma competição entre ambos dentro do nosso organismo. "Essa disputa interfere em enzimas importantes para o desenvolvimento de células cancerígenas", afirma a nutricionista Débora.

Fonte: pesquisa Google
 Faça você também o auto exame quanto mais rápido a ser diaguinosticado mais chance de cura!

Erilda Padula

1 Comentários:

SUELI disse...

Excelente iniciativa! Vamos todas e todos participar!

Postar um comentário

P�gina Anterior Pr�xima P�gina Home

Copyright © 2011 Cute Girl! Elaborado por Marta Allegretti
Usando Scripts de Mundo Blogger